Se não for direcionado automaticamente, clique aqui. Bastard Songs: Janeiro 2010

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

ANÚNCIO IMPORTANTE

Não sei se alguém percebeu, mas o Blogger tá deletando uma porrada de blogs ultimamente... Excelentes blogs por sinal:

Monster Mutant Boogie, 50s Revival, Psychostomp, Cazzurocker, Rockin Krazy Maybe, entre outros. O Junkies For Dummies por exemplo deu uma pausa pra ver o que vão fazer. E nós também.

Pra não perder o conteúdo e todo trampo dado até agora aqui no Bastard Songs, só pra garantir, já fiz um backup e importei no Wordpress, mas ficou uma bosta, e a política deles contra pirataria é pior que a do Blogger.

Então não estranhem a ausência e a falta de post nos próximos dias, por que estamos decidindo o que fazer com o blog. Domínio próprio fica difícil por que nem eu nem o Marcial manjamos de programação. Portanto, estamos a procura de qualquer blog alternativo que não tenha essas putarias ou qualquer outra solução.

Desculpem o transtorno e estamos abertos à sugestões e ajudas.

Até logo mais.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

PSYCHO ATTACK


Desculpem o aumento do intervalo de tempo entre os posts, é que as vezes agente tem que fingir que trabalha haha

Como faz tempo que não posto nenhum vídeo pra download ou DVD, vai agora o 'Psycho Attack', também lançado pela Cherry Red. Esse material contém a nata do psychobilly em um evento de dois dias recheados de ótimas bandas e apresentações.

A primeira parte do DVD foi retirada do infame festival "Night of The Long Knives", realizado em julho de 1988 no Hummingbird Club em Birmingham. Este festival virou uma lenda no psychobilly pela variedade de bandas e pelo seu clima de revolta. Entre as bandas, estão algumas das mais populares da cena, incluindo Frantic Flintstones, Long Tall Texans e Meteors.

A segunda metade do DVD foi retirada do festival "Live At The Charlotte", que aconteceu em 1993. Esta parte mostra todo talento e irreverência da cena psychobilly do início da década, contendo várias bandas B com caractéristicas distintas, mas não menos importantes para a época, incluindo Waltons, Macavity’s Cat, Hangmen, entre outras.

Este é o único registro destes shows, lançados em um só DVD, e já se tornou obrigatório para todos os fãs de psychobilly!

3,13gb divididos em 66 partes 2:)


Night Of The Long Knives:

Klingonz - Werewolf Boogie / Tailgators - Beat Your Meat / Griswalds - Happy Hour / Quakes - You're Dead - Psychobilly Jeckyl & Mr. Hide / Turnpike Cruisers - Doin' Shit - Somethin' Else / Boz & The Bozmen - Everybody's Rockin' / Caravans - That's The Way It Is - Easy Money / Frantic Flintstones - What The Hell / Skitzo - Witching Hour - Terminal Damage / Long Tall Texans - Saints & Sinners - Get Back Wet Back / Meteors - Blue Sunshine - Little Red Riding Hood - I Don't Mind


Live At The Charlotte:

Hangmen - Hang 'Em High - Down The Line - Little Bitz / Waltons - Here Comes That Train - Fat Drunk & Stupid - Devil In Diguise / Rayguns - Listen Pretty Baby - Crazy Cat - Shakin' In My Shoes / Radium Cats - Right Behind You Baby - Big Blon' Baby - Pink Hearse / Macavity's Cat - Lady Alcohol - Jack Of Diamonds - The Devil Went Down To Georgia / Deltas - Boogie Disease - Long Black Train - Ko Ko Mo


Download

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

GO PSYCHO W/ BATMOBILE AND OTHER DUTCH ACTS


Coletânea bem legal lançada em 1990 pelo selo Rockhouse/KIX4U, uns dos melhores e mais ativos na época.

Como o próprio nome diz, é uma coleta reunindo só bandas holandesas do final dos anos 80. O país era uma potência do Psychobilly na época, com muitos festivais, uma grande quantidade de bandas (Scam, Tranquilizers, Bang Bang Bazooka, Cavemen, Skrunch, só para citar algumas além dessas prestentes na compilação) e uma cena com uma base bem sólida.

Para quem quiser ler e baixar as bandas da Holanda postadas no blog, clique aqui.

Além do Batmobile, a coletânea nos brinda com Es-Feiv, Archie, Sons Of The Yompin Cockroaches. Não há nada de inédito deles, acaba valendo mais mesmo pela curiosidade e a praticidade de ouvir as melhores bandas do país num único cd! Tracklisk:


01. Batmobile - Scum Of The Neighborhood
02. Batmobile - Zombie Riot
03. Batmobile - Bat Attack
04. Batmobile - Frenzy
05. Batmobile - Slapping Suspenders
06. Batmobile - Transsylvanian Express
07. Batmobile - Love Disease
08. Batmobile - Bat Dream
09. Archie - Listen To What Archie Sez
10. Archie - Eat The Worm
11. Archie - The Creep
12. Archie - Steelcap Stomp
13. Archie - Warpaht
14. Archie - Radar Love
15. Archie - Hotest Rod
16. Archie - Casting My Spell
17. Archie - In Search Of (The Lost Prairie Oysters)
18. Es-Feiv - Vendetta
19. Es-Feiv - Move Your Buds
20. Es-Feiv - Be My Baby Tonight
21. Es-Feiv - The Prisoner
22. Es-Feiv - Heart Breakin' Days
23. Es-Feiv - No Comin' Back
24. Sons Of the YC - I've got no time
25. Sons Of the YC - Running wild
26. Sons Of the YC - Bad
27. Sons Of the YC - Sex craze
28. Sons Of the YC - Square


Download do disco

Agradecimento ao extinto blog amigo Monster Mutant Boogie, que foi de lá que peguei esse disco 2:)

[SP] 1º SP SCUMS - SÃO PAULO

Primeiro evento do NarigaSuja Produções(sic), que promete realizar vários eventos de alto garbo e elegância ao longo desde ano.

Cinco bandas do circuito paulista de psychobilly/punk, entre elas o Skizoyds, lançando seu primeiro disco 'Trepanação'. Todo mundo lá ein! Info:



SKIZOYDS
THE RED LIGHTS GANG
DEGOLADOS
MARGINAL ATTACK
THE PORRES


16/01/2010 - Sabadão
17hrs
$5

Local: Espaço Improprio
Rua Dona Antonia de Queiroz, 40, Augusta

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

KÃES VADIUS: Vídeos raros e antigos no YouTube

Como ja foi postado anteriormente, segue mais três vídeos raros e bem antigos da primeira banda de psychobilly do Brasil, o Kães Vadius.

Destaque pra versão acústica de Vampirismo. Segue os vídeos e os detalhes dos vídeos:


Malaka Blues - Participação no programa Boca Livre da Tv Cultura, com apresentação do Kid Vinil:




Lili Poodle - Apresentação no programa Materia Prima da Tv Cultura, com apresentação do Sergio Groisman:




Vampirismo - Apresentação no Programa Tv Mix da Tv Gazeta, versão acustica de Vampirismo:

JOHNNY NIGHTMARE - Novo disco


Como foi dito aqui num post à algum tempo atrás, a banda do Ex-Godless Wicked Creeps, Dax Dragster, acaba de lançar seu novo disco, 'Psychobilly Scarecrow, pela Crazy Love Records.

O resultado é uma continuidade do primeiro trabalho, muito bom por sinal, porém mais maduro e com mais pegada, deixando um pouco de lado a melosidade que às vezes incomodava no primeiro disco.

São 14 faixas e altamente recomendado pra quem gosta de Godless! Baixe e tire suas conclusões 2:)

Ahh, e pra quem ainda não viu o post antigo sobre a banda, clique aqui para ler a biografia e para download dos discos.


Download do disco

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

E-BASS COMPILATION by Bastard Songs


Quando voce pensa em psycho/rockabilly o que te vem em mente? Um mano de topete? Uma caveira de topete? Um zumbi? O zumbi dos palmares? (risos)

Muita gente pensa em alguem tocando um baixo acustico, marca registrada do estilo, não só visual como sonora. Ver alguem tocando um instrumento tão clássico com a agressividade do rock'n'roll é realmente algo que chama muita atenção.

Frente a isso o pobre baixo eletrico fica totalmente apagado, fato é, o baixo eletrico está morrendo no psychobilly, cada vez menos usado, as bandas estão o deixando de lado por motivos não só musicais mas puramente estéticos.

Meteors na lendária fase com e-bass

Olhando para os primeiros anos do psychobilly voce percebe que eles estavam fazendo o que lhes dava vontade de fazer, não haviam os padrões estabelecidos ao estilo e o baixo eletrico até então era usado sem medo de parecer "menos-psychobilly" aos olhos de outros. Herança das bandas de teddy boy rock que em sua maioria usavam o baixo eletrico? Ou simplesmente do punk rock? Elementos dos dois estilos são claramente vistos nas primeiras bandas de psychobilly, da levada tipica do som rockabilly a linhas simples de baixo do punk.

O próprio Guana Batz começou com baixo eletrico, como pode ser visto numa das primeiras compilações de psycho/garage lançada chamada "Rockabilly Psychosis & Garage Diseases", não podemos tambem nos esquecer que o Meteors antes de optar pelo baixo eletrico de vez, na fase com Nigel Lewis na banda vez ou outra usava o instrumento, exemplo clássico é a sensacional musica "Attack Of The Zorch Man". Até mesmo a lenda do neo-rockabilly Stray Cats gravou algumas faixas com o instrumento.

Meantraitors logo que optaram pelo baixo eletrico

Os anos 1990 foi a década de firmar os padrões do psychobilly, o baixo acustico virou praticamente obrigatório, muitas bandas para não ficarem com uma sonoridade muito proxima ao punk/hardcore/metal optavam pelo baixo acustico para dar o diferencial do slap do baixão, ou voce imaginaria Os Catalepticos sem aquele baixo ultra rapido? E o baixo elétrico cada vez perdendo mais espaço no meio billy...

Tanto que se fala muito dos ótimos baixistas de baixo acustico do psychobilly, mas ninguem comenta nada sobre os baixistas do baixo eletrico. Lee Brown, que tocava no Pharaohs e depois fez historia no Meteors, é um dos poucos nomes que vem em mente, suas qualidades como baixista ficam bem visiveis no ep Vigilante do Pharaohs. Gary Day, que tocava baixo acustico no Frantic Flintstones, Nitros, Sharks e Morrissey, gravou a ótima Hooker com o Sharks, na qual canta e toca baixo eletrico, fora isso, só ouvir qualquer album do Morrissey para escuta-lo tocando.

Na entrevista publicada aqui mesmo no blog o guitarrista Stas do Meantraitors, banda que teve o baixo acustico mais rapido da história, e que depois optou por trocar pelo baixo eletrico, afirma que o baixo acustico limita as possibilidades de variações e tempo das musicas. Já outras pessoas não conseguem escutar psychobilly sem o tec-tec do slap baixo acustico.

Lee Brown (Pharaohs e Meteors)

No Brasil a maioria das bandas usa o baixo eletrico, não por sonoridade mas por não terem condições de comprar um acustico. Alguem por favor me apresente algum psycho daqui do Brasil que tem R$2.500 (o preço médio de um baixo-acustico) para gastar facil assim? O lance do baixo-eletrico aqui está longe de morrer enquanto o país não sair do buraco. (sorrisos)

Criou-se uma cara unica pro estilo tocado aqui, Ovos Presley tem todo aquele som punkabilly que só eles fazem, e o sensacional The Brown Vampire Catz optou pelo baixo eletrico após um periodo usando o acustico, som muito único e bom pra caralho!

Concluindo... Podemos dizer que é uma lista enorme de bandas, mas que infelizmente tende a diminuir, ou simplesmente desaparecer, bandas que criaram sua historia com o baixo eletrico hoje em dia usam o acustico, caso do King Kurt, Monster Klub, Termites. Sua banda não é pior que outra banda por usarem baixo eletrico, já ouvi muita gente dizer "...tenho uma banda psycho... mas é baixo eletrico" com um puta sentimento de culpa! Isso é bobagem, enquanto for sincero, tiver aquele toque de rockabilly e punk tá valendo!

Monster Klub tocando no Hangar 110 (São Paulo) em 2006

Vou deixar para voces baixarem uma interessante coletanea (feita por mim e pelo Fanfa) com bandas que usam ou já usaram o baixo eletrico. Tentamos fazer um apanhado geral passando dos anos 80, como Coffin Nails, King Kurt, Highliners, Tall Boys... anos 90 como Monster Klub, Meantraitors, Klingonz, e as nacionais Brown Vampire Catz, Degolados, Big Nitrons e Baratas Tontas. Tentamos achar bandas novas na gringa que usem baixo elétrico, mas é um caso bem raro, só algumas da Rússia, e mesmo assim, nada muito genial, só confirmando o fato do instrumento estar perdendo espaço no meio.

Enfim, chega de conversa e vamos para o tracklist e logo em seguida o link para download:


01. Meteors - Wild Cat Ways
02. Guana Batz - Guana Rock
03. King Kurt - Rockin Kurt
04. Demented Are Go - Don't Go In The Woods
05. Sharks - Hooker (E-Bass Version)
06. Coffin Nails - Coffin Nails
07. Empress Of Fur - Johnny Voodoo
08. Highliners - Henry The Wasp
09. Tall Boys - Ride This Torpedo
10. Klingonz - Jungle Fever
11. Mad Sin - Overpower
12. Pharaohs - Cleopatra
13. Degolados - Noite Fria
14. Brown Vampire Catz - Twist On The Wrecking
15. Big Nitrons - Party With Big Nitrons
16. Os Baratas Tontas - Borzeguins Ao Leito
17. Gazmen - Teenage Operation
18. Meantraitors - Were Going Wild Tonight
19. Termites - Crazy Mama
20. Mental Hospital - Concrete Man
21. Celtix - Bellovesus
22. Brainblasters - Lonesome Cowboy
23. Monster Klub - Halloween
24. Pilgrims - Phantom Archer
25. Sons Of The Yompin' Cockroaches - I've Got No Time
26. Chibuku - I'm Not A Vegetarian


Por Marcial - que toca baixo acustico no Red Lights Gang e no Voodoo Stompers, mas que mesmo assim morre de vontade de ter uma banda com baixo eletrico.


Download do disco

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

RADIACS - Seguindo a onda de bandas velhas voltando à ativa


Seguindo a tendência dos últimos anos, em 2010, além do já citado Skitzo, outra banda das antigas que tem um retorno programado é o Radiacs.

O a volta triunfal, com formação original e após um hiato de 21 anos, será num festival no norte da Inglaterra, no Back From the Grave Klubnight em 20 de fevereiro, ao lado das bandas Tazmanian Devils e Cosmic Razors.

Para qualquer novidade com relação à banda, sobre mais shows, se terá disco novo e etc, fiquem atendos aqui no blog.

História e download dos discos para download, aqui.

SKITZO - De volta à ativa


Outra banda clássica dos anos 80 e muito postada aqui no blog está de volta à ativa.

Está nos planos da banda um disco novo e shows. O mais interessante é que voltaram com 3/4 da formação original: Phil Connor (vocal), Connor Rod (bateria) e Mac McVey (guitarra). A única mudança foi pro conta de um novo baixista, chamado Joel.

Mais infos e qualquer novidade, no myspace oficial da banda.

Para conferir o que já foi postado sobre a banda no blog, clique aqui.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

MORTY SHANN & THE MORTICIANS - Demented Are Go pré-histórico?

Que a criatividade marcou a primeira leva de bandas psychobilly é algo indiscutível, fato interessante é ouvir as ditas primeiras bandas do estilo e ver que nenhuma se parecia com a outra, comparem King Kurt com Meteors, por exemplo, ou Guana Batz com Frenzy, Sharks com Batmobile... enfim, o psychobilly passava por uma epoca muito criativa!

Demented Are Go tocando no KlubFoot, nos anos 80

O Torment, outro exemplo, fugia totalmente do padrão "rockabilly acelerado" e foi uma das bandas mais originais do estilo até hoje, ou o Klingonz que tocava aquele rockabilly aceleradissimo e com musicas lembrando temas do cinema sci-fi. Mesmo com esse mundo de bandas boas uma é sempre lembrada pelo seu som tão impar, o Demented Are Go, liderado pelo doente Mark Phillips (ou Sparky) fazem um som regado de influencias de garage 60's, rockabilly e punk,com seu vocalista Sparky fazendo aquele vocal gutural e rasgado que virou caracteristica da banda.

Mas seria o Demented Are Go tão original assim?
Sparky, numa entrevista dada ao site ZonaPunk em 2006, pouco antes de tocarem por aqui, diz ser fã principalmente de garage rock e rock'n'roll doente, mas o que ele quis dizer com isso? Cramps? Screamin Lord Sutch? Hasil Adkins? O lado B do garage rock, e bandas esquecidas de rockabilly com certeza influenciaram o rapaz, mas o que dizer da banda Morty Shann & The Morticians???


Meu amigo Luiz Berger (o judeu-croata-albino conhecido como Porco) sempre aparece com boas surpresas, e uma dessas foi essa curiosa banda da decada de 1960, completamente desconhecida até a Norton Records lançar o play "Kicksville Volume 2", uma coletanea do mais obscuro rockabilly e garage rock dos anos 50 e 60, no qual aparecem com 2 musicas.

E a similaridade com o Demented Are Go é impressionante. O vocal lembra demais os primeiros plays da banda, e a sonoridade deles não fica muito atras. Sabe-se que existiam bandas na década de 60 com todo aquele som barulhento, berros e demencia, exemplos classicos disso são o Trashmen, Sonics e mais uma infinidade de bandas, mas o som de Morty Shann & The Morticians chega bem perto do psychobilly, quase 20 anos antes de Paul Fenech cria-lo. Uma pena não existirem mais informações deles, apenas consta um ep gravado com as tais duas musicas.


A gravação não é das melhores, mas a semelhança entre as duas bandas é bem nítida, principalmente em "Red Headed Woman", e passaria fácil como uma gravação perdida do começo do Demented Are Go. Bom, fica a curiosidade aí para os curiosos de plantão! Teria Sparky escutado tal banda antes de montar o DAG?

Nota: Percebam que o vocalista da banda não aguenta fazer o vocal rasgadão a musica inteira, e pela metade das musicas começa a fraquejar na voz, haha

>:)

http://www.2shared.com/file/10552385/1581947d/Morty_Shann___The_Morticians_-.html
http://www.2shared.com/file/10552760/fc61e5a0/Monty_Shann___The_Morticians_-.html